O vício do sexo

Amor cego




Quando o prazer se torna uma obsessão...

Vício em sexo é uma das dependências menos confessada e visível de toda a existência.

No entanto, tem aumentado ultimamente o número de pacientes que procuram ajuda por causa das conseqüências deste transtorno sexual, tais como:

  • Ruína econômica
  • Problemas no trabalho
  • Problemas conjugais
  • Divórcio
  • Ansiedade
  • Depressão.

O vício em sexo pode manifestar-se de muitas maneiras:

  • Masturbação compulsiva
  • Relações com múltiplos parceiros - promiscuidade
  • Encontros com pessoas desconhecidas
  • Pornografia
  • Prostituição
  • Sexo por telefone
  • Assédio sexual


Voltar ao topo



O ritmo sexual de um viciado em sexo


A frequência com que estas pessoas fazem sexo depende de muitos fatores, incluindo a situação em que se encontra, o ambiente e também a fase da doença. Há pessoas que tiveram mais de uma dúzia de parceiros diferentes em poucos dias: sem dúvida um caso de vício em sexo.



Características do vício em sexo

A principal característica de dependência sexual é a incapacidade de a pessoa controlar o impulso sexual.

A necessidade de seduzir se torna uma obsessão e, como consequência, surge o comportamento impulsivo sexual para reduzir a ansiedade que provoca pensamentos sobre o sexo. Como um círculo vicioso.

Outras características do vício em sexo incluem:

  • Desespero
  • Obsessão relacionada com o sexo
  • Masturbação excessiva, mesmo em locais ou momentos inapropriados
  • Depressão

A obsessão por sexo destrói a paz e a felicidade em outros aspectos da vida


Os viciados em sexo são habeis na dissimulação, porque o seu problema os envergonha. Mas, muitas vezes, a sua dependência sempre é reconhecida no final.

Algumas pessoas que sofrem do vício em sexo decidem procurar ajuda, porque querem acabar com o problema que lhes causa vários problemas graves na vida: separação, divórcio, vergonha, instabilidade económica, raiva, frustração, dependência, sofrimento, problemas legais ou ideias de suicídio, entre outros.

Voltar ao topo



Como acabar com o vício em sexo?

O tratamento do vício em sexo é conhecer e compreender a resposta sexual humana.
Para resolver este problema, trabalha-se em três níveis:

  • Controle Médico:
    É essencial. Na maioria dos casos, através de ansiolíticos e antidepressivos é possível controlar o impulso sexual.
  • Comportamento:
    Aqui trabalha-se na mudança de atitudes e atividades de controle relacionadas ao sexo, como o consumo de pornografia, as chamadas linhas eróticas e contato com prostitutas, que tentam alterar para outros estímulos sexuais, como desporto, entretenimento , comunicação com colegas e amigos, e assim por diante.
  • Psicológica:
    Funciona alterando os pensamentos negativos associados a esta dependência para outros que oferecem o positivismo ao paciente.

O vício em sexo provoca em determinado momento insatisfação sexual



Sou um viciado em sexo?

Responder às seguintes perguntas pode ajudá-lo a ver se sofre do vício em sexo ou se está a enveredar por esse caminho.

  1. Esconde a sua vida sexual de outros, isto é, não gosta de falar sobre isso em geral, nem fala sobre isso quando tem um problema?
  2. Tem uma vida dupla?
  3. Envergonha-se das suas ações porque acha que são imorais?
  4. Pratica sexo em lugares desconhecidos e com estranhos sem ser capaz de evitá-lo?
  5. Sente remorso ou culpa depois de um encontro sexual?
  6. Não consegue manter um parceiro estável devido ao seu comportamento sexual?
  7. Necessita cada vez mais de uma maior variedade e frequência nos relacionamentos?
  8. Engana o seu parceiro com outros, incluindo desconhecidos?
  9. O seu comportamento sexual traz problemas legais (prostituição, telefonemas obscenos ...)?

Se as seis respostas foram afirmativas, procure ajuda profissional. É muito provável que tenha um vício não saudável pelo sexo, isso pode afetar sua vida da pior forma.


 

Voltar ao topo

500 Ideas

ellas a ellos





 


Voltar de O vício do sexo para Meu Guia Sexual